Saltar para os conteúdos

LIGAÇÕES ÚTEIS     MAPA DO SITE     facebook

imagem2

Já é muito significativa a Coleção de Variedades Tradicionais de Fruteiras (e de castas de Videira) da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP Algarve) e o trabalho que tem realizado ao longo dos anos para a sua preservação.

Esta “viagem” começou na década de oitenta do século passado, quando se iniciou a instalação de Coleções de variedades tradicionais de fruteiras, nomeadamente de Figueiras e Videira, no então Centro de Experimentação Agrária da Lameira e de Nespereiras, no Centro de Experimentação Agrária de Tavira (CEAT). Importa também recordar algumas palavras escritas pelo autor, defendendo a importância da preservação, estudo e utilização dos nossos Recursos Genéticos Vegetais, há cerca de 25 anos, que infelizmente se mantêm em grande parte atuais e que enquadram no tempo e ajudam a compreender esta problemática.

“Para um país, onde a “produção de conhecimento” não tem sido muitas vezes uma prioridade, é sempre mais fácil importar conhecimentos do que investigar e conhecer melhor os recursos próprios, como por exemplo o seu património genético vegetal. Foi isso que infelizmente aconteceu nas últimas dezenas de anos entre nós, salvo honrosas excepções, nem sempre reconhecidas. Assim é hoje admitido por quase todos que o estudo das nossas espécies e respectivas variedades, poucas vezes foi considerado uma prioridade (...).

Leia aqui o artigo completo originalmente publicado na Revista Voz do Campo: 

AGENDA

Sem eventos

Cofinanciamento:

PDR PT2020 FEADER

FEAMP CONTINENTE COR

 

logotipo republica

logotipo rederural